loading...

Bispo diz que aborto é mais grave do que um padre abusar de crianças


"O aborto é muito mais grave do que um padre abusar de uma criança". Foram estas as palavras do novo arcebispo da Arquidiocese de Tuxtla Gutiérrez, Fabio Martínez Castilla, em declarações ao jornal local Noticias Voir e imagen de Chiapas.

A comparação polémica surge numa altura em que a Igreja Católica vive uma fase atribulada devido aos escândalos que envolvem padres pedófilos. O bispo defende que quando uma criança é sexualmente abusada "o seu futuro morre" ao passo que quando é abortada "é homicídio".

"Então, qualitativamente, o aborto é muito mais sério, mas quantitativamente ambos causam muito dano e merecem punição", disse Castillo.

Apesar de considerar o aborto pior do que a pedofilia na Igreja, o bispo defende que os padres que cometam tal crime devem ser presos e expulsos da Igreja Católica. Fabio Castilla ressalva ainda: "Um professor, político, médico e qualquer pessoa que viole a bondade e liberdade de uma criança deve ser punido".

Fonte e foto: CM


Share this:

Loading...
 
Copyright © Luso24. Designed by OddThemes | Since 2017
googleecfd0c776a0c6686.html