loading...

AUTARQUIA DE ALMADA já ofereceu centenas de relógios de ouro


A Câmara Municipal de Almada, depois da denúncia do Má Despesa Pública, explicou ontem no Facebook porque anda a comprar relógios de ouro.

Desde há cerca de 20 anos que cada trabalhador da autarquia que cumpre 25 anos de serviço recebe um relógio. Este ano foram 32 relógios, que tiveram um preço unitário de quase mil euros.

Fazendo as contas a esta prática percebe-se que a câmara já ofereceu centenas de relógios nas últimas duas décadas, que se traduzem, a preços correntes, a centenas de milhares de euros em objectos de luxo. Algumas considerações sobre o assunto:

1.Um funcionário que entre aos 20 anos para a Câmara de Almada, situação frequente em serviços de âmbito manual ou não qualificado, aos 45 já tem um relógio de ouro no pulso.

2.Qual o funcionário que usa no seu dia-a-dia um relógio avaliado em mil euros?

3.Paulo Portas propôs durante a campanha eleitoral que as casas de compra de ouro fossem reguladas. E acrescentou que a polícia "já pede para as pessoas não usarem fios de ouro nem relógios de ouro".

Como facilmente se adivinha, as palavras foram proferidas em Almada.

Fonte e foto: Má Despesa Pública (2011)


Share this:

Loading...
 
Copyright © Luso24. Designed by OddThemes | Since 2017
googleecfd0c776a0c6686.html