loading...

De dia trabalha na Prada... à noite é sem-abrigo


De dia trabalha numa loja de renome, onde uma mala ou um vestido podem custar o mesmo ou ainda mais do que uma renda de uma casa, mas, à noite, Kallum dorme na rua.

Segundo o Daily Mail, há cada vez mais sem-abrigos empregados. Isto é, pessoas que, embora tenham empregos, não conseguem amealhar o suficiente para pagar um tecto.

É o caso desta funcionária da Prada, na famosa Bond Street, em Londres.

Depois de Kallum terminar o seu horário na loja de produtos de luxo, eis que não tem sítio para onde ir. O pior? É que há mais como ela, garante o jornal britânico. Kallum recebe cerca de 8,5 libras à hora, pouco mais do ordenado mínimo no Reino Unido, e, por isso, divide as suas noites entre locais de acolhimento para sem-abrigo e sofás de amigos.

Eu sou como o super-homem. De dia sou segurança, à noite sem-abrigo. Nunca durmo o suficiente para me sentir com energia suficiente para ir trabalhar no próximo dia".

Esta mulher já tentou mesmo pedir ajuda ao Estado, candidatando-se a uma casa social, mas disseram-lhe que não a podem ajudar… afinal esta trabalha.

Fonte e foto: Noticias ao Minuto


Share this:

Loading...
 
Copyright © Luso24. Designed by OddThemes | Since 2017
googleecfd0c776a0c6686.html