loading...

Primo de Sócrates tem fortuna de mais de 200 milhões de euros na Suíça


José Paulo Bernardo Pinto de Sousa, o primo de José Sócrates que é suspeito de ser um dos “testas-de-ferro” do ex-primeiro-ministro no processo Operação Marquês, tem um património de mais de 200 milhões de euros, segundo documentos que constam da investigação judicial.

Estes dados são avançados pelo jornal Correio da Manhã que refere que os autos da Operação Marquês incluem um documento do banco suíço UBS que atesta que José Paulo Sousa terá uma fortuna que se situa entre os 200 e os 300 milhões de euros.

O primo de Sócrates é arguido na Operação Marquês sob suspeita de ser um dos “testas-de-ferro” do ex-primeiro-ministro.

O documento do UBS citado pelo CM será relativo a uma conta bancária da sociedade offshore Benguela Foundation que terá como último beneficiário José Paulo Sousa.

O documento datado de 10 de Maio de 2016 atestará no campo da “fortuna total” que a “riqueza familiar é aproximadamente de 200 a 300 milhões de euros”, refere o CM.

Fonte e foto: ZAP


Share this:

Loading...
 
Copyright © Luso24. Designed by OddThemes | Since 2017
googleecfd0c776a0c6686.html