loading...

BRUNO DE CARVALHO impede criança com camisola do Benfica de entrar em festa no Estádio do Sporting


Criança estava vestida com camisola do Benfica e foi abordada diretamente pelos funcionários, que a deixaram a chorar. Mãe garante que vai recorrer a queixa formal.

A situação está a gerar revolta entre adeptos do Sporting. Maria Figueiredo Almeida decidiu fazer a festa de aniversário do filho no estádio do clube de Alvalade. E uma das convidadas, uma criança, foi impedida de entrar na festa por estar com uma camisola do Benfica vestida. 

Maria Almeida expôs a situação no Facebook.

«O meu filho convida os amigos para a festa de anos no estádio. Duas gémeas da turma são uma do Sporting e outra do Benfica. Por ordens do sr. Presidente queriam impedir que a criança vestida à Benfica, tal como a irmã estava à Sporting, entrasse na festa do amigo. Podemos dizer tudo o que quiserem, mas nisto não me revejo. Atitudes destas contribuem para uma crispação e sectarismo que são contrários ao que quero para os meus filhos, sócios desde que nasceram. O Sporting não é isto!»

«Nunca tinha tido tanta vergonha de ser do Sporting»

A situação revoltou também outros pais. Inês Pina Cabral revelou que o filho foi a essa mesma festa e que teve dificuldade em explicar-lhe o que tinha acontecido.

«Eu tive o meu filho nessa festa e estou 300% de acordo com a Maria. Acho isto vergonhoso, triste… nunca tinha tido tanta vergonha de ser do Sporting. Vim o caminho para casa a tentar explicar ao meu filho o que ele não entendeu. E que é de facto incompreensível! Que valores está o clube a assumir!»

Ao longo dos muitos comentários que a publicação teve, Maria explicou, em resposta a outro comentário, que não permitiu que a criança tirasse a camisola.

«Ficou com a camisola vestida como tinha de ser. Isto não é a Coreia do Norte (ainda…)», explica. A mãe afirma que lhe foi dito pelo funcionários que aquela era uma ordem de Bruno de Carvalho.

Funcionários deixaram criança a chorar

«Foi o que me disseram em varias instâncias. Foi incrível. Se não foram [ordens de Bruno de Carvalho], então os funcionários foram todos brainwashed [tradução: sofreram uma lavagem cerebral]. Se não foi dele a ordem, o Sporting permitiu isto. Alguém vai ter de se responsabilizar, e isto não vai ficar só pelo Facebook», garante Maria Almeida.

Funcionários terão-se dirigido directamente à menina sem consultarem os pais deixando a criança a chorar. No momento em que isto aconteceu os pais uniram-se e «ameaçaram que não pagavam pela festa se não deixassem a menina entrar com a camisola». 

Fonte e Foto: VIP


Share this:

Loading...
 
Copyright © Luso24. Designed by OddThemes | Since 2017
googleecfd0c776a0c6686.html